Revolução no mundo geek: Disney compra a 21st Century Fox

disney-century-fox

A espera acabou. Mickey, X-Men e Os Simpsons agora estão sob a mesma propriedade. A Disney compra a 21st Century Fox depois de muito suspense por US$52,4 bilhões. Além disso, assume uma dívida de US$ 13,7 bilhões, elevando o custo da operação para US$ 66,1 bilhões. Ainda não foram divulgados os planos para as franquias. Porém, considerando que não houve grande mudanças com a Marvel e Star Wars, não se espera algo diferente.

xmenMas será que vamos ver Os Vingadores (já propriedade da Disney) lutando junto com os X-Men? #tomara

A Walt Disney passa a ser a detentora das divisões cinematográficas e TV da Fox/ da Star India, operadora de 69 canais na ìndia e outros 100 países; a Fox Networks Internations, com 350 canais em 170 países; participação no Hulu, serviço de streaming parecido com a Netflix.

Além disso, inclui participação no Endemol Shine Group, nos negócios de TV a cabo nos Estados Unidos e outros país, fazendo parte da Sky europeia, por exemploo.

Ficou de fora do negócio o Fox News e os canais norte-americanos do Fox Sports.

Disney compra a 21st Century Fox, fica com várias novas franquias e muito mais receita

Assim, no meio de uma aquisição desse porte, a Disney terá em suas mãos franquias do porte de O Quarteto fantástico, Avatar, Predador, Alien, Planeta dos Macacos, A Era do gelo, Arquivos X, todas as séries da FX, Modern Family, a National Geographic, e muitos outros filmes e séries. Além de receber as chaves do estúdio independente Fox Searchlight.

disney-20th-century-fox-logos

Segundo o Washington Post, esse novo conglomerado terá um faturamento de US$ 75 bilhões. Desse montante, estima-se que 1/3 será das novas propriedades vindas da Fox.

O atual CEO da Disney, Robert Iger, agradeceu Rupert Murdoch por “confiar a nós o futuro dos negócios em que ele passou a vida construindo”, estando “empolgado com a extraordi´nária oportunidade de aumentar significativamente o nosso portfólio com franquias queridas e marcas de conteúdo que aumentam a crescente oferta de conteúdos direto aos consumidores”.

A compra precisa ser aprovada pelos vários órgãos regulatórios dos Estados Unidos e isso pode levar alguns meses.

converse no whatsapp